Otras historias

Basquiat e outros artistas nova-iorquinos da década de 80 a não perder

Escrito por Beulah | 26 de abril de 2019

Depois de algumas décadas de uma certa obscuridade, o mundo começa a aperceber-se do verdadeiro génio criativo de Jean-Michel Basquiat. Atualmente, as suas pinturas são vendidas por valores superiores a 110,5 milhões de dólares e são acompanhadas de coleções de t-shirts da Uniqlo e documentários na Netflix.

Basquiat deixou um legado extraordinário. Era uma força criativa cuja obra inspirou várias gerações de artistas a desafiarem os limites da arte visual e política.  E os outros homens e mulheres que pintavam, filmavam e produziam outras criações paralelamente a ele?


Peter and the Wolf de Basquiat

Embora muitos dos mais importantes contemporâneos de Basquiat do panorama artístico de Nova Iorque da década de 1980 tenham morrido jovens (Keith Haring, Robert Mapplethorpe, e o próprio Basquiat), muitos deles estão ainda vivos e no ativo. Aqui ficam alguns artistas que pode apreciar por agora, enquanto espera pelo próximo Basquiat em leilão…

Al Diaz


O SAMO© Loft

Basquiat colaborou com Al Diaz no projeto SAMO© que começou a sul de Manhattan e se estendeu até finais da década de 1970. Embora mais tarde Basquiat tenha declarado “SAMO IS DEAD” na baixa de Manhattan, o espírito criativo de Al Diaz permanecia bem vivo. Um reconhecido graffiter a nível internacional, Diaz rapidamente passou a fazer parte do panorama artístico urbano de Nova Iorque. Passou as cinco décadas seguintes a criar arte, nomeadamente a série Wet Paint no metro de Nova Iorque e, atualmente, está a ponderar fazer renascer o SAMO©...

Barbara Kruger

Artista conceitual que se dedica à arte das colagens, Barbara Kruger participou em exposições paralelamente a Basquiat e Haring na Annina Nosei Gallery, em 1981. Kruger combina anúncios com títulos de jornais para comentar a obsessão da sociedade pelo controlo do corpo feminino. Com obras numa paleta de cores em preto e branco, com toques estratégicos de vermelho, Kruger continua a explorar muitos dos temas abordados por Basquiat.

Michael Holman

Em 1979, Basquiat criou a Gray, uma banda de rock industrial que se apresentou em palcos emblemáticos como o Mudd Club e o The ICA. O cineasta Michael Holman foi um dos seus colegas e co-fundadores e dirigiu Basquiat: uma exploração à vida do artista. Um desconstrucionista convicto e absurdista histórico, Holman utiliza símbolos controversos na sua obra. Uma das suas obras mais conhecidas é a Gold Leaf, uma série de pinturas metálicas que incluem a bandeira da confederação para explorar questões de identidade e de raça na sociedade americana.

Yayoi Kusama


Uma abóbora de Kusama

Yayoi Kusama é considerada por muitos uma das mais importantes artistas japonesas. Ativa nos mesmos círculos que Basquiat, Kusama enfrentou muitos destes preconceitos devido à sua raça e sexo. As esculturas macias e repetitivas de Kusama, bem como as pinturas com bolas com um aspeto quase obsessivo são imediatamente reconhecidas e artistas tão variadas como Yoko Ono e Superchunk encontraram inspiração na sua obra. Em 2014, a série Infinity Nets foi vendida em leilão por 7,1 milhões de dólares e as abóboras de Kusama estão atualmente em exibição pelo mundo.

Lee Quiñones

Lee Quiñones tornou-se inicialmente conhecido pela sua arte no metro e por ter sido um dos primeiros a efetuar uma pintura num comboio completo. À medida que a arte de Quiñones evoluía, começou a incorporar na sua obra referências políticas e de arte pop. Frequentemente comparado a Basquiat, quer como membro do panorama nova-iorquino, quer como conterrâneo de Puerto Rico, o estilo de Quiñones permanece único e desafiadoramente exclusivo.

____________________

A 29 de abril os especialistas da Catawiki terão em leilão a colagem N.Y. City de Basquiat.

____________________

Descubra mais arte de rua | por art | arte moderna e contemporânea

Também poderá gostar:

Pop Art ao redor do mundo

Em destaque: a arte de Falcó

Das ruas para a galeria: conheça os melhores artistas de rua dos nossos dias

Crie a sua conta na Catawiki de forma gratuita

Na Catawiki, ficará surpreso todas as semanas com a seleção impressionante de objetos especiais que temos para oferecer. Inscreva-se ainda hoje e explore os nossos leilões semanais com curadoria da nossa equipa de especialistas.

Criar uma conta
Share this article
Close Created with Sketch.
Ainda não está registado?
Ao criar a sua conta gratuita na Catawiki, poderá licitar num dos 50 000 objetos especiais que temos para leilão todas as semanas.
Registar agora!