Otras historias

A história da Rolls-Royce em 10 factos interessantes

Em colaboração com Michael Footitt - Especialista em carros clássicos

Há mais de um século que a Rolls-Royce constrói carros de elevada qualidade com um estatuto emblemático e de elite. Os modelos Rolls-Royce antigos continuam a ser muito procurados e a maioria dos fãs consegue reconhecer um Rolls apenas pelo logótipo. Talvez se esteja a questionar, como é que esta empresa chegou onde está? Continue a ler para descobrir a história fascinante da Rolls-Royce em 10 factos interessantes e conhecer a ligação pessoal do nosso especialista a estes carros!

1. Primeiro carro 
A Rolls-Royce Limited foi fundada em 1904, por Charles Rolls e Henry Royce. Royce tinha construído um carro tão fantástico que Rolls decidiu vendê-lo no mercado com o nome "Rolls-Royce". O primeiro carro criado por estes dois homens foi o Rolls-Royce 10 HP. Para além de carros, a Rolls-Royce produzia também motores a jato. O primeiro exemplar, o Rolls-Royce Eagle, foi produzido em 1915. Foi o primeiro motor a fazer uma travessia transatlântica sem interrupção por avião. No entanto, não era um motor a jato. Os motores a jato surgiram pouco depois da Segunda Guerra Mundial.


2. Carro do ano
Foi graças a um rally que o modelo Silver Ghost adquiriu o estatuto de "melhor carro do mundo" concluindo, em 1913, as 14 731 milhas da Alpenfahrt em território agreste. Esta corrida alpina continua a existir, e a preferência é que participe com o seu Rolls-Royce clássico!


3. Pintor especial
Apenas um homem, chamado Mark Courts, pinta a linha transversal dos veículos Rolls-Royce antes destes saírem da fábrica. Não são utilizados robots, nem máquinas na realização desta tarefa. Mark precisa de elevada concentração para pintar esta linha com precisão, não há borracha para apagar, se ele cometer um erro. Sem pressão. 


4. Não era produzido por um fabricante único 
Até 1946, depois da Segunda Guerra Mundial, a Rolls-Royce não produzia e vendia o carro completo. Tal como a maioria dos fabricantes nessa altura, eram especializados na construção de motores e de chassis e recorriam à Park Ward, Barkers, Hoopers e a outras empresas de Londres para produzir a restante estrutura. O primeiro carro completo produzido pela Rolls-Royce foi o Silver Dawn. Foi produzido entre 1949 e 1955 e nesse curto espaço de tempo apenas foram produzidas 760 unidades. O nosso especialista, Michael, revelou-nos que na década de 1930 o seu avó trabalhou na Rolls-Royce e a sua função era conduzir os chassis e os motores de uma fábrica para a outra e, algumas semanas depois, conduzir o carro concluído de regresso à fábrica.


5. A divisão da Rolls-Royce
Em 1971, a Rolls-Royce foi à falência. Problemas iniciais com o motor a jato RB211 fizeram com que a empresa passasse a ser propriedade do estado e, em 1973, concretizou-se a divisão do negócio dos automóveis. Um dos veículos criado sob a nova empresa Rolls-Royce Motors foi o Corniche.


O Corniche

6. Maior densidade de Rolls Royce no mundo
Para encontrar a maior densidade de Rolls-Royces no mundo tem de visitar Hong Kong. Isto não é tão estranho como pode parecer visto que Hong Kong esteve sob a regência da Coroa Britânica entre 1841 e 1997 (excluindo a ocupação Japonesa na Segunda Guerra Mundial).


7. BMW e Volkswagen
Tanto a Volkswagen como a BMW sempre demonstraram um elevado interesse em adquirir a Rolls-Royce. Em 1998, a proposta da BMW foi ultrapassada pela da Volkswagen (430 milhões de libras face a 340 milhões de libras), mas acontece que apenas compraram parte da empresa. Era como se a BMW possuísse o nome e o logótipo e a Volkswagen detivesse os direitos sobre a mascote e a grelha. Celebraram então um acordo que incluía que, a partir de 2003, a BMW estava autorizada a produzir o carro completo sob o nome Rolls-Royce.


8. O Rolls-Royce Phantom
Em 2003, o Phantom foi o primeiro Rolls-Royce totalmente construído pela BMW e foram produzidas umas surpreendentes 44 000 unidades para o mercado interno e externo.


Ainda na estrada
Atualmente, cerca de 65% de todos os carros Rolls-Royce alguma vez construídos continuam na estrada! A excelente qualidade e o amor pela marca faz com que se mantenham fortes.


10. Produção manual
Even in this day and age, A Rolls-Royce faz um esforço elevado por manter os seus carros únicos. Todos os motores são produzidos manualmente. 


Fonte da imagem: d-talks.com

É a ligação pessoal a esta marca que faz com que o nosso especialista, Michael, adore estes carros. Também é fã da Rolls-Royce? Então, aumente a sua coleção de livros, fotografias originais, acessórios e outros objetos do nosso  Leilão de Automobilia Britânica. A Catawiki tem também semanalmente diversos Leilões de Carros Clássicos. Quem sabe? Talvez possa conduzir um Rolls Royce ou outro bonito clássico britânico. Também pode dar continuidade à sua paixão pela coleção de carros clássicos aqui e vender uma peça da sua própria coleção.

Crie a sua conta na Catawiki de forma gratuita

Na Catawiki, ficará surpreso todas as semanas com a seleção impressionante de objetos especiais que temos para oferecer. Inscreva-se ainda hoje e explore os nossos leilões semanais com curadoria da nossa equipa de especialistas.

Criar uma conta
Share this article
Close Created with Sketch.
Ainda não está registado?
Ao criar a sua conta gratuita na Catawiki, poderá licitar num dos 50 000 objetos especiais que temos para leilão todas as semanas.
Registar agora!